X

Pilates para corredores: opção para reduzir lesões e melhorar desempenho.

Movimento eficiente pela mecânica correta mantém a performance por um período prolongadoA estabilidade dinâmica do tronco e a coordenação adequada deste com os braços e as pernas, além do alinhamento ótimo de todo o corpo, ditam as regras de uma boa corrida. E todos esses elementos são trabalhados no pilates, técnica cada vez mais utilizada por atletas de diversas modalidades para maximizar os resultados esportivos e reduzir lesões. O fisioterapeuta e instrutor de pilates Vinicius Zacarias explica que a melhora de performance acontece devido a melhora da eficiência do movimento.Um movimento mais eficiente pela sua mecânica correta tem um desgaste calórico menor fazendo com que o atleta possa manter a mesma performance por um período mais prolongado. Há também um desgaste muscular menor levando a um aumento da potência e da resistência, diminuindo os movimentos compensatórios responsáveis pela maioria das lesões.— O Pilates ajuda os atletas a reconhecerem seus desequilíbrios musculares e organizarem a postura de forma consciente. Além disso, o método ajuda a superar obstáculos, como a capacidade respiratória insuficiente, falta de equilíbrio, fadiga muscular, dores nas articulações e até mesmo na região lombar — diz.Os equipamentos de pilates foram desenvolvidos especialmente para se alcançar o melhor desempenho com mínimo esforço. Neles, o corredor melhora o aproveitamento biomecânico, diminuindo sobrecargas nas articulações, ossos e músculos e possibilitando maior economia de movimentos, mais fluidez, estabilidade e controle durante a corrida. Segundo Zacarias, geralmente os treinos de corrida, independente se são de longa ou curta duração, envolvem muitos problemas. Algumas pessoas enfrentam dificuldades com a postura, por exemplo, por ser um exercício repetitivo e as articulações acabam ficando comprometidas.— Um dos principais aspectos que distingue um grande corredor de um corredor médio é a boa postura. E o pilates ajuda trazendo esse corredor para um alinhamento mais neutro, o suficiente para que ele consiga fazer a corrida de uma forma mais segura. Geralmente orientamos para que o praticante faça as aulas de duas a três vezes por semana para que ele consiga ver o resultado a partir de um mês — recomenda o instrutor.O método também apresenta excelentes resultados quando utilizado para reabilitação. Um deles é promover a recuperação mais rápida das lesões. Por trabalhar muito a musculatura abdominal, lombar e pélvica, o pilates é muito indicado para dores lombares crônicas, além de várias outras lesões, como cervicalgia, lesões de ligamento, dor na região entre as escápulas, entorse de tornozelo, estiramentos musculares, dores inespecíficas do joelho, síndrome do trato iliotibial, dentre outras.— Como os exercícios podem ser realizados no solo, com bola e aparelhos especialmente desenvolvidos para o método, é possível através da simulação de gestos esportivos, como a pedalada e braçada, realizar o treinamento funcional, essencial para o desempenho atlético — conta o fisioterapeuta.Veja a lista de benefícios aos corredores:• Aumenta o controle da musculatura abdominal que funciona como um eixo de sustentação e fornece as condições favoráveis para uma melhor movimentação de todo o corpo.• Diminui sensivelmente o impacto sobre as articulações devido ao aumento do tônus muscular gerados pelo treinamento com pilates que realiza um trabalho de forma mais lenta.• Aumento da flexibilidade e músculos mais alongados e resistentes.• Conscientização corporal do corredor: correta posição de sua cabeça, pescoço, coluna vertebral e pelve a cada passada.• Cadência dos movimentos integrados com a respiração e concentração.• Maior equilíbrio gerado pelos trabalhos com bolas e nos diversos equipamentos.Agende uma aula e venha conhecer os benefícios!!!!www.espacoqualivida.com.br

RE:5145-SP

Conheça os nosso parceiros: